Seu website está no ar agora? Monitore para saber.

Após encontrar meu site fora do ar ontem pela manhã (não é a primeira vez), resolvi procurar uma solução que monitorasse e me alertasse quando ele estivesse fora do ar.

Uma solução interessante e engenhosa que encontrei, foi a possibilidade de usar o Google Docs para fazer isso. A idéia é utilizar um script atrelado à uma planilha que fica rodando em background nos servidores do Google, verificando a cada 5 minutos pelos cabeçalho da página do seu site. Quando não consegue acessar, ele registra a falha na própria planilha, manda um email e de quebra, envia um SMS para o seu telefone usando a notificação da Agenda do Google. O procedimento de instalação é simples (veja todas as instruções na página do autor) e a solução também, portanto, não se pode esperar um “dashboard” cheio de sinalizadores e gráficos.

Continuando minha procura, verifiquei que existem vários sites que oferecem esse serviço de monitoração de forma gratuita, mas um me chamou a atenção por dispor de um aplicativo Android para notificar os alertas e eu resolvi testar: site24x7.com.

O site oferece uma gama variada de monitorações (HTTP(S), FTP(S), DNS, PING, TCP, SSL, SMTP, POP, etc.), além de poder simular interações com a sua aplicação web e ainda fazer análise de performance das páginas. Claro que todos esses recursos estão disponíveis somente para contas pagas, mas dependendo do movimento e retorno financeiro do seu site, certamente vale a pena, afinal, quantas vendas você pode perder se o seu site de e-commerce ficar fora do ar por uma hora inteira?

Para a monitoração de um site simples, o site24x7.com oferece uma conta gratuita (professional por 20 dias para você experimentar) que monitora até 5 urls com 10 minutos de intervalo, mas somente o cabeçalho da sua página para saber se o servidor respondeu ou está apresentando algum erro. Caso o seu servidor não responda ao pool da monitoração a partir de 3 localidades diferentes, você recebe uma notificação por email.

site24x7-server down

Quando o seu servidor volta a responder, você recebe outro email com a notificação de que já está up.

site24x7-server up

Você também outro email com Root Cause Analysis, mas convenhamos, sem muita utilidade, já que só faz algumas verificações básicas que se podem fazer “do lado de fora” da rede do servidor. Talvez eles tenham algum “agente” para ser instalado “internamente” para fazer uma análise mais completa, mas não verifiquei.

Acessando a sua conta no site24x7, você dispõe de outros relatórios para analisar a performance, outages, downtimes, trends, inclusive com a contabilização da disponibilidade para cobrar SLA do seu provedor. devilish-icon

site24x7-Downtime Report

É possível que os outros sites tenham relatórios tão “pirotécnicos” quanto esses, mas o que realmente me chamou a atenção e me fez criar uma conta nesse site, foi a disponibilidade de uma aplicação desktop que fica rodando na system tray e uma aplicação para Android, que soam o alarme quando o seu site não responde. Resumindo, você pode ficar sabendo seu site caiu, onde quer que esteja (e se for o caso, antes do seu chefe).

 

 

Melhores tamanhos para fotos no Facebook

Você dá tudo de si para produzir a melhor foto, procura a luz ideal, atenta para a melhor composição, usa a resolução total da sua câmera hiper-ultra-mega-super-braster, faz o tratamento da imagem no Photoshop, publica no Facebook e… “Humf… Não ficou tão boa assim…“.

Você já passou pela experiência de ver sua foto belíssima na tela do computador e ao publicar no Facebook (ou qualquer outra mídia social) ver que ela não ficou tão boa assim?

Isso pode ocorrer porque o Facebook possui umas dimensões padrões para cada espaço (nem poderia ser diferente) e quando você faz upload da foto ela passa por um redimensionamento automático, feito pelo próprio site, e nesse processo sua imagem acaba perdendo qualidade.

Em resumo, para evitar (ou minimizar) essa perda, poste suas fotos com as seguintes dimensões:

  • Para exibir com a maior dimensão possível, utilize 2048 pixels no seu maior lado.
  • Se não quiser usar fotos de alta resolução, utilize 960 pixels no seu maior lado.

Para deixar suas fotos dimensão correta, você vai precisar usar um programa para redimensionar suas fotos. Você pode usar o Photoshop, mas para usuários comuns ele torna-se complicado, além do que é um software pago. O programa que eu costumo usar para essas edições rápidas é o FastStone Image Viewer, gratuito para usuários domésticos. Nele você visualizar todas as suas fotos em miniaturas, tela cheia ou slideshow. Pode fazer correções básicas, recortes (inclusive mantendo as proporções originais) e até operações em massa para redimensionar, adicionar marca d´água ou renomear arquivos. O programa é muito intuitivo e fácil de usar.

Nesse artigo, você pode obter instruções de como fazer isso no Lightroom, Photoshop ou Blogstomp (todos pagos).

Abaixo, você pode conferir as dimensões utilizadas em diferentes mídias sociais (por tentsocial.com).

Infográfico de dimensões das principais mídias sociais.

Regra do Terço

Independente dos recursos técnicos de uma câmera, a composição dos elementos da cena fotografada faz toda a diferença na estética da foto. Ou seja, uma foto fica interessante e agradável ao olhar (ou não) dependendo de como você enquadra os elementos da cena.

Existem diversas regras que nos auxiliam a compor uma foto, mas sem dúvida, uma regra fundamental é a Regra do Terço. Basicamente, ela consiste em “dividir” o quadro em 3 partes na horizontal e 3 partes na vertical, posicionando o ponto de interesse em um dos cruzamentos das linhas que dividem esses terços, favorecendo o equilíbrio assimétrico da cena.

terço

De modo geral, a simetria dos elementos deve ser evitado porque “divide” a atenção do expectador e o ideal é que exista somente um ponto de interesse na foto, para onde o olhar do expectador será dirigido.

Contudo, tenha em mente que as regras de composição servem apenas como diretivas e não significa que não possam ser quebradas, dependendo da mensagem que desejamos transmitir. Outro aspecto a ser considerado, é o fato de que existem outras regras e uma foto pode ter elementos simétricos, por exemplo, mas atende a outras regras, como o uso de linhas geométricas para direcionar o olhar do expectador ao ponto de interesse. Essas regras serão abordada com mais detalhes no Curso de Fotografia Básica desse blog.

Veja esse vídeo para ajuda-lo a entender melhor essa e algumas outras regras: Framing and Composition Tutorial

 

Nem só de imagem…

Como diz o ditado popular, “uma imagem vale mais que mil palavras“, contudo não podemos viver só de imagem. Às vezes é necessário lançar mão das palavras para expressar uma ideia, opinião ou comentário.

Dessa forma, esse blog foi criado como complemento ao meu site, por ser mais informal na sua essência e mais adequado para postar dicas, comentar fotos e sites interessantes da web, sempre dentro do tema fotografia.

Ainda dentro desse tema, nosso projeto inclui a publicação de um curso básico de fotografia para servir de apoio aos interessados em conhecer os fundamentos dessa arte tão apaixonante, mesmo que seja para aplicar somente nos passeios de fim de semana.

Curta a nossa página no Facebook para ficar atualizado sobre nossas as publicações.